O Livro esta sendo comercializado exclusivamente pela amazona.com, se você pretende adquirir o mesmo basta acessar a página e adquirir tanto impresso , como por E Book. Está sendo reservado e vendido no valor de R$ 30,00 ( Trinta Reais)
Café do Poeta
Seu Perfume Inebria o Leitor
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário TextosTextos ÁudiosÁudios E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Textos


Porque Escrevo?...
 
Eu não escrevo só por escrever, tenho cá meus motivos, e quero estes obedecer. Eu quero dar continuidade ás tantas expressões. Tal e Qual. Sempre que possível eu que escrevo por me sentir bem e a cada personagem que crio sinto prazer e muita satisfação por ser por inteiro aquele que não vise diante de tantos percalços apenas o dinheiro.  A resposta por que escrevo tem um grande diferencial diante daquele que reserva um momento do seu precioso tempo e se dedica a ler o que para este eu passo. É por isto e por tanto outros motivos que de repente eu deixo algo de mim ser eterno onde no mínimo meu neto, bisneto, tataraneto de repente se orgulhe de fazer parte da família de um escritor.  Fazer parte daquele que compartilha dos seus sentimentos. Ora visto no momento apenas como sendo simplesmente alguém que realiza seus feitos através de seu próximo livro. Eu não escrevo apenas para me auto- promover. Provavelmente eu seja um escritor que transpasso o tempo em versos sem saber onde este possa chegar.
E, por isto meus amigos que gosto, adoro, ou simplesmente amo, eu me realizo como ser. A arte de escrever possa ser medonha, mas é através desta arte que apresento meu talento. E sei que àquele que possa ler o que escrevo entenda este simples escritor que mora ao seu lado. Não tem nem isto, nem mesmo aquilo, escrever para mim é mais que uma missão que recebi e a prático sendo um eterno discípulo. Discípulo daquele que de fato para mim passou  toda sua labuta, todo seu reinado, e no final deixou para sua eternidade a mensagem que um homem jamais morre , mas deixa seu ofício para outro homem.

 
Obrigado!...
 
Alexandre Poeta
Enviado por Alexandre Poeta em 24/05/2017
Alterado em 24/05/2017
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários